Surdo

Para quem gosta de música...

A revista Outra Coisa, nas bancas, traz o novo disco de Arnaldo Baptista.

As viúvas da Bizz podem se divertir um pouco com a Mosh, nova revista musical brasileira. É a melhor, no meio das porcarias MTV, Beatz e outras direcionadas para a eletrônica. Tem muito erro de revisão, mas é legal.

Escrito por Pequiman às 08h06
[] [envie esta mensagem]



Cego

Dúvida cruel: cego de nascimento sonha?

Escrito por Pequiman às 08h05
[] [envie esta mensagem]



Ora, drogas!

Como sabem, não falo sobre comentários deixados aqui. Acredito que, da mesma forma que eu escrevo o que quero, todos que freqüentam a Estação Pequi têm esse direito. Assim, ninguém fica constrangido quando quer me criticar ou falar mal de outros visitantes. Mas hoje é diferente. Não posso deixar de agradecer tantas tentativas de me ajudar a acabar com a minha dor. Obrigado pelas dicas. Vou tentar tb ECT. Só uma coisa me intriga: nunca recebi tantos comentários. De duas, uma: ou vcs são amigos do peito e ficaram verdadeiramente sensibilizados com o meu sofrimento ou são fetichistas da dor e se regozijam ao contemplar os gritos alheios.

...

Eu creio que o Estado não tem o direito de legislar sobre o meu corpo. Eu faço o que quiser comigo, seja suicídio, dopagem ou autoflagelação. O Estado tem que zelar por quem quiser se drogar, por exemplo, fazendo com que sejam colocados entorpecentes de boa qualidade nas prateleiras. Digo isto pq estou cansado de ouvir tanta besteira sobre tráfico. O ser humano se droga desde quando existe História. Se droga para encontrar deuses, para expandir a mente, para fazer experiências científicas, para tomar coragem, para fugir da realidade. Então, vem um monte de “especialistas” dizer que o problema é o usuário, culpando um fato histórico e imutável no lugar da incompetência do Estado. Já que a humanidade sempre se drogou, se droga e vai se drogar, está passando da hora de parar com essa imbecilidade e enquadrar os entorpecentes. Estes devem ser tratados como fármacos, com o mesmo rigor, a mesma orientação e a mesma fiscalização. Devem ser vendidos em embalagens sem tarja e sem receita médica, mas com alertas sobre possíveis prejuízos. Maconha Almeida Prado. Cocaína Aché. Heroína Roche. Ecstasy Novartis. Agora, se o cara cometer crimes sob efeito de drogas, a pena deve ser multiplicada. Como deveria ser com o álcool. Tá certo que perderia a magia para uma legião de usuários, que enxerga no ato de se drogar uma afronta ao poder estabelecido. Quando o negócio passa a ser regulamentado e assunto de Estado, pode perder a graça. Não interessa. Esse é o papel do Estado. Zelar pela saúde e pelo bem-estar da população, desde que não interfira na liberdade pessoal. “Quer se drogar? Olha, pode viciar, pode lhe levar a cometer atos inimagináveis, pode te matar. Ainda quer? Tá, mas pelo menos cheire um pó sem misturas que fariam mais mal ainda.” Quando exponho esta idéia, argumentam que sempre vai haver o genérico e o contrabando. Como a droga de farmácia será muito cara por causa dos impostos, gente vai continuar subindo o morro para comprar uma mistura mais em conta. Concordo. Mas é assim com o cigarro e com o whisky tb. Os contrabandeados são mais baratos. Mas a maioria absoluta de quem fuma ou bebe compra o legal. Pq tem a garantia da procedência e da presença apenas de substâncias nocivas conhecidas. Será assim com as outras drogas tb. O usuário que quiser algo puro, testado e aprovado saberá que vale a pena pagar mais, pq no fim seu dinheiro renderá. A relação custo/benefício será melhor. E os fabricantes poderão vender substâncias com variados graus de pureza. Cocaína 3%, 5% ou 10%. Imagine o Kit Roche com Heroína 2g e duas agulhas descartáveis.

Mas, mesmo com todas estas justificativas, a mais importante é a que citei primeiramente: eu faço o quiser com o meu corpo. O Estado não pode determinar o que fazer comigo mesmo, desde que não agrida alguém. O outro motivo é o comentado fato histórico. Alguém acredita que o ser humano deixará de se drogar por causa de comerciais apelativos ou reportagens sensacionalistas? E, por último, toda proibição gera revolta, violação e violência.

Would you like some dope?

Escrito por Pequiman às 10h22
[] [envie esta mensagem]



[ ver mensagens anteriores ]


Meu perfil
BRASIL, Homem, de 26 a 35 anos, Portuguese, English, Sexo, Música, Futebol


Histórico
26/12/2010 a 01/01/2011
20/06/2010 a 26/06/2010
13/06/2010 a 19/06/2010
21/03/2010 a 27/03/2010
07/02/2010 a 13/02/2010
24/01/2010 a 30/01/2010
10/01/2010 a 16/01/2010
06/12/2009 a 12/12/2009
29/11/2009 a 05/12/2009
22/11/2009 a 28/11/2009
15/11/2009 a 21/11/2009
08/11/2009 a 14/11/2009
25/10/2009 a 31/10/2009
04/10/2009 a 10/10/2009
27/09/2009 a 03/10/2009
30/08/2009 a 05/09/2009
12/07/2009 a 18/07/2009
28/06/2009 a 04/07/2009
21/06/2009 a 27/06/2009
14/06/2009 a 20/06/2009
07/06/2009 a 13/06/2009
31/05/2009 a 06/06/2009
24/05/2009 a 30/05/2009
17/05/2009 a 23/05/2009
10/05/2009 a 16/05/2009
03/05/2009 a 09/05/2009
12/04/2009 a 18/04/2009
05/04/2009 a 11/04/2009
22/03/2009 a 28/03/2009
22/02/2009 a 28/02/2009
15/02/2009 a 21/02/2009
08/02/2009 a 14/02/2009
01/02/2009 a 07/02/2009
25/01/2009 a 31/01/2009
18/01/2009 a 24/01/2009
11/01/2009 a 17/01/2009
28/12/2008 a 03/01/2009
21/12/2008 a 27/12/2008
14/12/2008 a 20/12/2008
07/12/2008 a 13/12/2008
16/11/2008 a 22/11/2008
02/11/2008 a 08/11/2008
26/10/2008 a 01/11/2008
19/10/2008 a 25/10/2008
07/09/2008 a 13/09/2008
31/08/2008 a 06/09/2008
24/08/2008 a 30/08/2008
10/08/2008 a 16/08/2008
20/07/2008 a 26/07/2008
13/07/2008 a 19/07/2008
29/06/2008 a 05/07/2008
22/06/2008 a 28/06/2008
25/05/2008 a 31/05/2008
06/04/2008 a 12/04/2008
30/03/2008 a 05/04/2008
10/02/2008 a 16/02/2008
03/02/2008 a 09/02/2008
06/01/2008 a 12/01/2008
30/12/2007 a 05/01/2008
23/12/2007 a 29/12/2007
16/12/2007 a 22/12/2007
25/11/2007 a 01/12/2007
04/11/2007 a 10/11/2007
28/10/2007 a 03/11/2007
14/10/2007 a 20/10/2007
07/10/2007 a 13/10/2007
13/05/2007 a 19/05/2007
06/05/2007 a 12/05/2007
29/04/2007 a 05/05/2007
22/04/2007 a 28/04/2007
08/04/2007 a 14/04/2007
18/03/2007 a 24/03/2007
11/03/2007 a 17/03/2007
25/02/2007 a 03/03/2007
11/02/2007 a 17/02/2007
28/01/2007 a 03/02/2007
14/01/2007 a 20/01/2007
07/01/2007 a 13/01/2007
05/11/2006 a 11/11/2006
15/10/2006 a 21/10/2006
08/10/2006 a 14/10/2006
01/10/2006 a 07/10/2006
24/09/2006 a 30/09/2006
10/09/2006 a 16/09/2006
06/08/2006 a 12/08/2006
02/07/2006 a 08/07/2006
25/06/2006 a 01/07/2006
18/06/2006 a 24/06/2006
11/06/2006 a 17/06/2006
21/05/2006 a 27/05/2006
07/05/2006 a 13/05/2006
30/04/2006 a 06/05/2006
23/04/2006 a 29/04/2006
02/04/2006 a 08/04/2006
26/03/2006 a 01/04/2006
19/03/2006 a 25/03/2006
12/03/2006 a 18/03/2006
05/03/2006 a 11/03/2006
05/02/2006 a 11/02/2006
22/01/2006 a 28/01/2006
15/01/2006 a 21/01/2006
08/01/2006 a 14/01/2006
01/01/2006 a 07/01/2006
04/12/2005 a 10/12/2005
27/11/2005 a 03/12/2005
13/11/2005 a 19/11/2005
06/11/2005 a 12/11/2005
30/10/2005 a 05/11/2005
23/10/2005 a 29/10/2005
16/10/2005 a 22/10/2005
09/10/2005 a 15/10/2005
02/10/2005 a 08/10/2005
18/09/2005 a 24/09/2005
12/06/2005 a 18/06/2005
05/06/2005 a 11/06/2005
29/05/2005 a 04/06/2005
15/05/2005 a 21/05/2005
08/05/2005 a 14/05/2005
24/04/2005 a 30/04/2005
17/04/2005 a 23/04/2005
10/04/2005 a 16/04/2005
03/04/2005 a 09/04/2005
27/03/2005 a 02/04/2005
20/03/2005 a 26/03/2005
13/03/2005 a 19/03/2005
06/03/2005 a 12/03/2005
27/02/2005 a 05/03/2005
20/02/2005 a 26/02/2005
13/02/2005 a 19/02/2005
06/02/2005 a 12/02/2005
30/01/2005 a 05/02/2005
23/01/2005 a 29/01/2005
16/01/2005 a 22/01/2005
26/12/2004 a 01/01/2005
12/12/2004 a 18/12/2004
05/12/2004 a 11/12/2004
21/11/2004 a 27/11/2004
14/11/2004 a 20/11/2004
07/11/2004 a 13/11/2004
31/10/2004 a 06/11/2004
24/10/2004 a 30/10/2004
17/10/2004 a 23/10/2004
10/10/2004 a 16/10/2004
03/10/2004 a 09/10/2004
26/09/2004 a 02/10/2004
19/09/2004 a 25/09/2004
12/09/2004 a 18/09/2004
05/09/2004 a 11/09/2004
29/08/2004 a 04/09/2004
22/08/2004 a 28/08/2004
15/08/2004 a 21/08/2004
08/08/2004 a 14/08/2004
01/08/2004 a 07/08/2004
25/07/2004 a 31/07/2004
18/07/2004 a 24/07/2004
11/07/2004 a 17/07/2004
04/07/2004 a 10/07/2004
27/06/2004 a 03/07/2004


Outros sites
Eu, vc e todo mundo II
Um tiro no escuro
Aleatório
Sweet Kisses
Mídia sem máscara
Cartazes de cinema
Pequi Photo
Estação Pequi abandonada
Xplastic
BR-153
Flanar Falares
Lidos e vividos
Certezas da dúvida
Creolina